Atendimento: [14] 2106-7070
Faça sua consulta ao Boa Vista SCPC
Para maior segurança, mantenha sua senha em sigilo, e em caso de mudança de operador solicite uma nova senha.

Grupo que discute o desenvolvimento se tornará conselho


Em encontro nessa sexta (14) na ITE, áreas de atuação foram colocadas para a formação do conselho

O Conselho de Desenvolvimento Econômico, Social e Estratégico de Bauru (Codese) será estruturado para virar um conselho formal, com a aprovação de um projeto de lei na Câmara Municipal e nomeação de membros. Formado por pessoas da sociedade civil organizada que estão discutindo o futuro de Bauru para os próximos 20 anos, o grupo recebe a consultoria de Márcia Santin e Sílvio Barros, ex-prefeito de Maringá e ex-secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná. Nessa sexta-feira (14), mais um encontro foi realizado na Instituição Toledo de Ensino (ITE), onde as seis frentes de atuação discutiram as prioridades e, depois, apresentaram aos demais presentes na reunião.

Até maio do ano que vem, o Codese vai elaborar um documento com as principais propostas de cada área para apresentar aos candidatos a prefeito que disputarem as eleições de 2020. Como os projetos dependem de ações por 20 anos, não pode haver ruptura de continuidade, o que demandará o compromisso de todos os gestores municipais que assumirem a partir de então.

Um dos membros que ajuda na organização do novo conselho é Marcelo Bartholomeu, que fala sobre a formalização do Codese como um conselho oficial. “Estamos na quarta etapa, de um total de seis, e mais pessoas estão somando conosco, o que é importante. Conseguimos iniciar um processo de entendimento para ver onde Bauru quer estar em 2040 em saúde, educação, inovação, desenvolvimento urbano, planejamento e desenvolvimento econômico. O Codese deve ser um conselho formalizado, já tivemos um parecer da prefeitura e de alguns vereadores. A proposta é colaborativa, vai ter um conselho com os membros e será aberto a sugestões, procurando avançar em várias áreas”, lembra.

CONSULTORIA


Ex-prefeito de Maringá, Sílvio Barros dá consultoria ao grupo

Para a formalização do grupo e a elaboração das propostas, os consultores Márcia Santin e Sílvio Barros foram contratados.

A Organização das Nações Unidas (ONU) elaborou os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que passam pela erradicação da extrema pobreza, educação inclusiva, alcançar a igualdade de gênero, ampliar o saneamento básico e energia elétrica a todos, crescimento econômico sustentável, entre outros.

A formação dos grupos de trabalho é o começo de uma ação maior, que contará com debate constante na sociedade. “A formação do Plano Municipal de Ações Estratégicas para as eleições de 2020 é o enfoque maior. Os encontros cumprem etapas para que esse material esteja pronto até maio do ano que vem. Os grupos temáticos devem manter a mobilização e ver o que está dentro dos ODS da ONU, que são as prioridades para realizar”, afirma a consultora Márcia Santin.

A participação da sociedade é considerada fundamental pelos consultores do projeto. “Estamos com um nível de engajamento grande e o objetivo da atividade foi alcançado. É necessário sonhar com o futuro, mas com alvos que sejam possíveis. Dentro de um conjunto grande, eles tiveram que escolher um ou dois objetivos, e, a partir de agora, é colocar em ordem de prioridade de como ter os indicadores de medição, de maneira a interagir com os indicadores da ONU, indo além de quem esteja no poder”, comenta o consultor Sílvio Barros.

Novos encontros ocorrerão futuramente para dar continuidade ao projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé