Atendimento: [14] 2106-7070
Faça sua consulta ao SCPC
Para maior segurança, mantenha sua senha em sigilo, e em caso de mudança de operador solicite uma nova senha.

Contas previsíveis são principal causa de negativação de nome

25/08/2017

Contas previsíveis são principal causa de negativação de nome.

Por não gerarem impacto imediato, despesas acabam sendo ‘deixadas de lado’

Tisa Moraes

A pesquisa aponta que um em cada quatro consumidores inscritos em cadastros de restrição de crédito ficaram inadimplentes porque não pagaram boletos de contas já esperadas, como é o caso de mensalidades escolares e convênios médicos, além de faturas de telefone, TV a cabo, água e energia elétrica (veja ranking ao lado). “Na atual situação do País, em que muitos cortes de gastos já foram feitos no orçamento doméstico, as famílias estão priorizando a alimentação, ou seja, o mínimo para sobreviver”, pondera o gestor financeiro Fernando Benjamin, diretor executivo do Grupo Benjamin, que trabalha com reestruturação de empresas e planejamento financeiro pessoal.Apesar de serem previsíveis e, portanto, com pagamento que pode ser planejado, contas para manter a educação e taxas como IPVA e condomínio, entre outras, são as que os consumidores preferem deixar de pagar quando o orçamento familiar fica apertado. É o que revelou o Perfil do Consumidor Inadimplente, levantamento elaborado no mês passado pela Boa Vista SCPC em todo o País.

É o caso, por exemplo, do IPTU, da taxa condominial e da mensalidade escolar. “Em um primeiro momento, a pessoa não perde nada. Vai poder continuar morando no mesmo imóvel por um bom tempo e manter o seu filho estudando, já que o colégio não pode impedir o aluno de frequentar as aulas por inadimplência até o final do ano letivo”, frisa.Quando a renda passa a não se encaixar nas despesas do mês, o consumidor começa a estabelecer critérios para o pagamento das contas. E, segundo o consultor jurídico da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Elion Pontechelle Júnior, os atrasos que não geram impactos imediatos acabam sendo os escolhidos.

ESTRATÉGIAS

Já contas de água e energia possuem prazo de tolerância menor, mas as condições de negociação das faturas atrasadas normalmente são favoráveis. “A pessoa pode não pagar no vencimento e chegar à situação limite de corte dos serviços, quando tende a buscar o parcelamento desta dívida”.

Para Pontechelle Júnior, o pagamento do convênio médico acaba sendo suspenso principalmente quando nenhum membro da família está doente naquela ocasião. Com base em uma expectativa de ganho futuro, seja pela venda de um bem ou pelo recebimento de férias ou 13.º salário, o consumidor pode ter condições de programar a retomada do plano em um outro momento.

DESEMPREGO E RENDA SÃO APONTADOS COMO MOTIVOS

Entre as pessoas ouvidas pelo levantamento elaborado pela Boa Vista SCPC, 32% apontaram o desemprego como a principal causa que levou à inadimplência; 24% fez referência à diminuição da renda, que também é um reflexo da crise econômica do País.

Para tentar sanar as dívidas acumuladas e evitar a negativação, 32% relataram que buscaram ajuda junto a bancos e 30% procuraram por familiares. “Quando a família se recusa a ajudar ou não tem mesmo recursos, o banco pode ser uma solução. E, neste caso, a recomendação é para que as pessoas optem pelo empréstimo consignado, que oferece as menores taxas do mercado”, ensina Elion Pontechelle Júnior, da CDL.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé